The most clean and transparent Data in Real Estate.

Mais de 50% da oferta disponível de imóveis no concelho de Cascais encontra-se na União das Freguesias de Cascais e Estoril. Existem, no total, 6712 imóveis nesta localização, muito procurada por portugueses e estrangeiros. Com oportunidades de negócio de grande potencial e para todos os gostos, esta freguesia apresenta os preços mais elevados quando comparada com as restantes 3 do concelho, na hora de investir na compra de um apartamento ou uma moradia.

Com este Guia de Zona, consiga a melhor informação e mais transparente acerca da evolução do mercado imobiliário na União das Freguesias de Cascais e Estoril. Qual a variação do número de imóveis disponíveis? Quais os preços praticados, por tipo de imóvel ou tipologia? Saiba, com a REATIA, se é a altura certa para investir, com dados do mercado imobiliário atualizados ao minuto.

Entre a cidade, o mar e a serra, a União das Freguesias de Cascais e Estoril é, frequentemente, a feliz contemplada na hora de investir numa segunda habitação, seja por residentes nacionais ou internacionais. Há aqui tranquilidade e toda a comodidade. Há luxo e lazer. Há imóveis para todos os gostos e investidores à procura de novas oportunidades no mercado imobiliário.

Cascais e Estoril sobem ao pódio como a freguesia do concelho com mais habitantes (64 310 habitantes, segundo os censos 2021). Se dúvidas houvesse da excelência desta região, os mais de 214 000 habitantes que fazem do concelho de Cascais o 5º mais populoso do país confirmavam que viver ali é, sem dúvida, sinónimo de qualidade de vida.

Cascais e Estoril com mais de 50% das propriedades do concelho

A União das Freguesias de Cascais e Estoril é líder indiscutível no que respeita à oferta de mais negócios imobiliários no concelho de Cascais. Mais de 50% dos imóveis do concelho estão localizados aqui. São, no total, 6712 imóveis.

O mercado imobiliário residencial é bastante forte nesta localização, já que a UF de Cascais e Estoril oferece mais moradias do que a soma deste tipo de imóvel nas 3 restantes freguesias do concelho (Alcabideche; Carcavelos e Parede; São Domingos de Rana). O mesmo acontece com os apartamentos.

Com 425 espaços comerciais no mercado é, das 4 freguesias, a que regista mais oportunidades de negócio com este tipo de imóvel. Na Riviera Portuguesa poderá encontrar também no mercado 3664 apartamentos, 2068 moradias e 450 terrenos.

Se pretende investir num apartamento na União das Freguesias de Cascais e Estoril, saiba que a tipologia T3 é a que detém maior quota de mercado, com 1268 apartamentos disponíveis, seguida da tipologia T2, com 1218 apartamentos.

La vie Bohème da Riviera Portuguesa

Entre moradias notáveis, hotéis luxuosos, restaurantes conceituados, campos de golfe ou o famoso Casino, Cascais e o Estoril têm verdadeiras pretensões de ser uma "Riviera Portuguesa”, à semelhança da francesa ou italiana.

Com uma piscina atlântica, a Praia do Tamariz é, ao longo dos seus 190 metros de extensão, a praia por excelência da Costa do Estoril, muito disputada por residentes e turistas. Esta localização é também famosa por outras praias, como S. Pedro do Estoril ou a Praia da Rainha. Percorrer o Paredão, fazendo um passeio à beira-mar a pé ou de bicicleta, é uma excelente forma de conhecer as praias da linha, do Estoril até Cascais.

Esta localização ganha um toque de luxo e requinte com a presença da Marina de Cascais e os seus barcos e iates ancorados. Por outro lado, o lado moderno e cosmopolita é equilibrado na perfeição com a cultura, sentida, por exemplo, no Centro Cultural de Cascais ou na Casa das Histórias Paula Rego.

Quanto custa comprar ou arrendar, neste paraíso às portas da capital

Os imóveis na União das Freguesias de Cascais e Estoril são muito valorizados. Entre moradias e apartamentos, independentemente da tipologia escolhida, esta é a freguesia que dispõe no mercado dos imóveis mais caros, quando comparado com as restantes freguesias: Alcabideche, Carcavelos e Parede ou São Domingos de Rana.

Segundo a REATIA, um apartamento de tipologia T1 é o que apresenta o preço m² médio mais baixo, em 4301€. Com o preço m² médio da tipologia T2 a fixar-se em 4409€, um apartamento de 90 m² irá custar-lhe perto de 400 000€. No caso da tipologia T3, o preço m² médio é de 4698€, o que significa que um apartamento de 115 m² terá um custo de 540 000€.

No caso de optar por arrendamento, o market report da REATIA indica que arrendar um imóvel de tipologia T3 pode ser mais vantajoso no caso de preferir uma moradia a um apartamento. Neste caso, conseguirá arrendar uma moradia T3 pelo preço médio de 2502€, enquanto terá de despender 2617€ no caso do apartamento. Nas restantes tipologias, os apartamentos apresentam preços  médios mais vantajosos que as moradias. A título de exemplo, um apartamento T2 apresenta um preço médio de 1665€, enquanto uma moradia apresenta um preço médio superior em 401€.


Quer saber mais sobre o mercado imobiliário em Cascais e no Estoril?

A REATIA é uma proptech (property tech) de big data e inteligência artificial que oferece soluções de market reports, metasearch, geração de leads e soluções customizadas através de APIs para o mercado imobiliário: agentes imobiliários, fundos de investimento imobiliário, banca.

O segmento “Guia de Zona” é promovido pela REATIA, a base de imóveis mais limpa, transparente e mais completa de Portugal.

Adira e receba todos os dados do mercado imobiliário.

You’ve successfully subscribed to REATIA
Welcome back! You’ve successfully signed in.
Great! You’ve successfully signed up.
Your link has expired
Success! Check your email for magic link to sign-in.